Antony e Gabriel – Bruta e Indelicada
Por Fernando - 27 de abril de 2017

Letra: Bruta e Indelicada – Antony e Gabriel 

Quando chega já causa problemaAntony e Gabriel - Bruta e Indelicada
Quando passa, as outras sai de cena
E começa bem ao zumzumzum das abelhas
Um sorriso no rosto, um jeitão debochado
Whisky na mão e as amigas do lado
Essa mulher desanda…

Eu vou pagar pra ver
Se é bruta na cama, como é no curral
Se é indelicada, como diz e tal
Se é quente, pra frente, fala umas besteiras
Eu vou pagar pra ver
Se é bruta na cama, como é no curral
Se é indelicada, como diz e tal
Se é quente, pra frente, fala umas besteiras
Eu vou pagar pra ver…

Um sorriso no rosto, um jeitão debochado
Whisky na mão e as amigas do lado
Essa mulher desanda…
Eu vou pagar pra ver
Se é bruta na cama, como é no curral
Se é indelicada, como diz e tal
Se é quente, pra frente, fala umas besteiras
Eu vou pagar pra ver
Se é bruta na cama, como é no curral Em
Se é indelicada, como diz e tal
Se é quente, pra frente, fala umas besteiras
Eu vou pagar pra ver…
Se é bruta na cama, como é no curral Em
Se é indelicada, como diz e tal
Se é quente, pra frente, fala umas besteiras
Eu vou pagar pra ver…
Eu vou pagar pra ver…

Gostou da música? Deixe seu like!

CDs Completos e músicas avulsas » https://goo.gl/lRKFzN
Confira as últimas notícias » https://goo.gl/iCs3YL
Confira clipes sertanejos » https://goo.gl/OjdkS7

Blogueiro apaixonado por música; CEO no Blog Tô No Buteco; graduado em Ciências Contábeis e parceiro no projeto Lucas Reis & Thácio.
Parceiros