Gino e Geno – O Molhado Da Saudade
Por Fernando - 12 de dezembro de 2015

Letra: Gino e Geno – O Molhado Da Saudade GINO-E-GENO-TA-POSITIVO-500x500

Feito chuva de verão
Necessária mas passageira
Entrou no meu coração
Bagunçou a minha vida inteira

Foi embora e só ficou
O molhado da saudade
E hoje eu bebo a solidão
Pelos bares da cidade
E hoje eu bebo a solidão
Pelos bares da cidade

Ai ai dói dói
Dói dói ai ai
Pode ate doer, mas pouco
Mas passar sei que não vai
Pode ate doer, mas pouco
Mas passar sei que não vai

Ai ai dói dói
Dói dói ai ai.

downloadtnb

Blogueiro apaixonado por música; CEO no Blog Tô No Buteco; graduado em Ciências Contábeis e parceiro no projeto Lucas Reis & Thácio.
Parceiros
error: Conteúdo Protegido! www.tonobuteco.com