Maria Cecilia e Rodolfo – Amuleto de Sorte (Part. Alexandre Pires)
Por Fernando - 13 de abril de 2015

Letra: Maria Cecilia e Rodolfo – Amuleto de Sorte (Part. Alexandre Pires) maria-cecilia-e-rodolfo-part-alexandre-pires-2015

Toda vez eu sinto o mesmo arrepio
Fico ansioso ao te ver chegar
Ouço o barulho da chave na porta
E vou correndo só pra te encontrar

Invento uma desculpa pra sair do trabalho
Mais cedo vou pra casa pra te esperar
E todo dia invento algo novo
Só pra fazer o nosso amor reinventar

Somos assim como a luva e a mão
O encaixe perfeito sem explicação
Tinta da caneta que colore o papel
É como a chuva que Deus manda lá do céu

O relógio para quando a gente se beija
As horas congelam e tudo fica beleza
É só a sua mão na minha pele tocar
Que o frio vai embora pra gente se amar

Se estou do seu lado eu me sinto mais forte
Você é meu chão meu amuleto de sorte
A gente é bem mais
É fora do comum
Juntos somos dois um coração
Apenas um.

downloadtnb

Blogueiro apaixonado por música; CEO no Blog Tô No Buteco; graduado em Ciências Contábeis e parceiro no projeto Lucas Reis & Thácio.
Parceiros
error: Conteúdo Protegido! www.tonobuteco.com