Mariana e Mateus – Quando as bocas já se conhecem | Pocket Show
Por Fernando - 9 de outubro de 2016

Letra: Mariana e Mateus – Quando as bocas já se conhecem

Não tem nada a ver, esse ar de quem não se importa
Essa falsa amizade torta
Eu exijo que não se aproxime com essa intenção
E me deixe aqui no meu canto, se vir mais perto até me levanto
Vou embora, eu não sou obrigado a ser legal, entendeu?
Quero ficar bem igual a você
mas ainda dói um pouco, e me deixa louco, só pra você saber

Iêiêiê
Quando as bocas já se conhecem
Qualquer beijo no rosto é estranho, e vai machucando
Iêiêê
Quando as bocas já se conhecem
Um sorriso já é o bastante, pra te amar como antes
Iêiêiê..

Blogueiro apaixonado por música; CEO no Blog Tô No Buteco; graduado em Ciências Contábeis e parceiro no projeto Lucas Reis & Thácio.

Parceiros
error: Conteúdo Protegido! www.tonobuteco.com